INTERMEDIáRIOS DE CReDITO

Serviços de intermediação de crédito

A Capricho Protagonista Mediação Imobiliária Unipessoal Lda, com o NIPC 513 440 429, com a sede social na Av. da República 45 – 2º Direito, 1050-187 Lisboa, Portugal, encontra-se registada no Banco de Portugal e exerce a atividade de Intermediação de Crédito de acordo com os requisitos estabelecidos pelo Decreto – Lei 81-C/2017 de 7 de julho.

 

Número de registo - 0003691

 

Estado-membro origem - Portugal

 

Categoria em que exerce atividade - Vinculado

 

Verificação do Registo junto do Banco de Portugal - https://www.bportugal.pt/intermediariocreditofar/capricho-protagonista-mediacao-imobiliaria-unipessoal-lda

 

Identificação dos mutuantes ou grupos com quem mantém contrato de vinculação: NOVO BANCO, SA; BANCO BIC PORTUGUÊS, SA; BANCO SANTANDER TOTTA, SA; CAIXA GERAL DE DEPÓSITOS, SA

 

Regime de exclusividade - Não

 

Contratos de crédito abrangidos - Crédito à habitação

 

Serviços de intermediação de crédito - Apresentação ou proposta de contratos de crédito a consumidores. Assistência a consumidores, mediante a realização de atos preparatórios ou de outros trabalhos de gestão pré-contratual relativamente a contratos de crédito que não tenham sido por si apresentados ou propostos.

 

Serviços de consultoria - Não

 

Morada - Avenida da República, n.º 45, 2.º Dto, 1050-187 Lisboa

Ângela Maria da Anunciação Calçada da Cunha Leal
Contacto telefónico - 215840186 / 914404005 
Endereço de correio eletrónico - geral@capricho.pt
 
Identidade da seguradora que garante a responsabilidade civil para a atividade de intermediários de crédito Liberty Mutual Insurance Europe, Ltd e de alguns Sindicatos do Lloyd’s C.I.F: GB244637455, APÓLICE nº: PI-40059518K0, Período de Recibo 01/11/2018 a 01/11/2019


Entidade de Supervisão para a atividade de Intermediação de Crédito a que a Capricho Protagonista Mediação Imobiliária Unipessoal Lda está sujeita - Banco de Portugal

Centro de Resolução de Conflitos: CNIACC – Centro Nacional de Informação e Arbitragem de Conflitos de Consumo
https://www.cniacc.pt/pt/ e CACCL - Centro de Arbitragem de Conflitos de Consumo de Lisboa http://www.centroarbitragemlisboa.pt/

Em caso de processo de reclamação, a mesma deverá ser apresentada das seguintes formas: Através do preenchimento do livro de reclamações, seja em formato físico, disponível no balcão da empresa, seja em formato eletrónico, disponível em https://www.livroreclamacoes.pt ; Diretamente ao Banco de Portugal, através de carta ou do link https://www.livroreclamacoes.pt .

 

Para avaliar um imóvel usado são tidas em conta informações como a zona geográfica, a natureza do imóvel, o tipo do imóvel, o seu estado, a sua área e o estado do mercado.

 

Critérios de avaliação de um imóvel

 

Os critérios e os métodos usados na avaliação de um imóvel não são muito claros. Os fatores que geralmente influenciam o valor de um imóvel são:

 

  • A localização (incluindo o piso, a vista, orientação solar e acessibilidades)       
  • O terreno
  • A tipologia e disposição do imóvel
  • A qualidade da construção
  • Os acabamentos e equipamentos disponíveis
  • A data de construção
  • O estado de conservação
  • O mercado (a procura e a oferta)
  • O estacionamento, piscina, elevador, espaços verdes


Avaliadores de Imóveis

 

O mais indicado para avaliar o valor de um imóvel usado será procurar uma empresa ou avaliador de imóveis especializado. Estes conseguem dar uma avaliação completa, prestando ajuda preciosa, sobretudo no critério comparativo de mercado.

 

Mais rapidamente (e gratuitamente), pode também fazer comparações com os nossos imóveis em divulgação.

 

As Finanças disponibilizam um avaliador de zona geográfica, que atribui um valor ao imóvel e um montante a pagar de imposto pelo imóvel.

 


Documentos necessários

 

Para receber uma avaliação de um imóvel precisará de documentos como:

  • Planta do imóvel
  • Caderneta predial
  • Registo da conservatória
  • Licenças camarárias


Antes de comprar ou vender um imóvel deve procurar alcançar uma avaliação do valor do mesmo. Contacte-nos e nós ajudamos!

A Capricho Protagonista Mediação Imobiliária Unipessoal Lda, com o NIPC 513 440 429, com a sede social na Av. da República 45 – 2º Direito, 1050-187 Lisboa, Portugal, encontra-se registada no Banco de Portugal e exerce a atividade de Intermediação de Crédito de acordo com os requisitos estabelecidos pelo Decreto – Lei 81-C/2017 de 7 de julho.

 

Número de registo - 0003691

 

Estado-membro origem - Portugal

 

Categoria em que exerce atividade - Vinculado

 

Verificação do Registo junto do Banco de Portugal - https://www.bportugal.pt/intermediariocreditofar/capricho-protagonista-mediacao-imobiliaria-unipessoal-lda

 

Identificação dos mutuantes ou grupos com quem mantém contrato de vinculação: NOVO BANCO, SA; BANCO BIC PORTUGUÊS, SA; BANCO SANTANDER TOTTA, SA; CAIXA GERAL DE DEPÓSITOS, SA

 

Regime de exclusividade - Não

 

Contratos de crédito abrangidos - Crédito à habitação

 

Serviços de intermediação de crédito - Apresentação ou proposta de contratos de crédito a consumidores. Assistência a consumidores, mediante a realização de atos preparatórios ou de outros trabalhos de gestão pré-contratual relativamente a contratos de crédito que não tenham sido por si apresentados ou propostos.

 

Serviços de consultoria - Não

 

Morada - Avenida da República, n.º 45, 2.º Dto, 1050-187 Lisboa

Ângela Maria da Anunciação Calçada da Cunha Leal
Contacto telefónico - 215840186 / 914404005 
Endereço de correio eletrónico - geral@capricho.pt
 
Identidade da seguradora que garante a responsabilidade civil para a atividade de intermediários de crédito Liberty Mutual Insurance Europe, Ltd e de alguns Sindicatos do Lloyd’s C.I.F: GB244637455, APÓLICE nº: PI-40059518K0, Período de Recibo 01/11/2018 a 01/11/2019


Entidade de Supervisão para a atividade de Intermediação de Crédito a que a Capricho Protagonista Mediação Imobiliária Unipessoal Lda está sujeita - Banco de Portugal

Centro de Resolução de Conflitos: CNIACC – Centro Nacional de Informação e Arbitragem de Conflitos de Consumo
https://www.cniacc.pt/pt/ e CACCL - Centro de Arbitragem de Conflitos de Consumo de Lisboa http://www.centroarbitragemlisboa.pt/

Em caso de processo de reclamação, a mesma deverá ser apresentada das seguintes formas: Através do preenchimento do livro de reclamações, seja em formato físico, disponível no balcão da empresa, seja em formato eletrónico, disponível em https://www.livroreclamacoes.pt ; Diretamente ao Banco de Portugal, através de carta ou do link https://www.livroreclamacoes.pt .

 

ATENÇÃO Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre o uso de cookies.

AceitarComo configurar